Ansiedade
07/02/2021 19:35 em INFORMAÇÃO

Olá

Resolvi hoje escrever um pouquinho sobre essa tal ansiedade sobre a qual falamos tanto.

A vida inteira entendi que ansiedade era aquela sensação de agitação,impaciência, “sofrimento” por antecipação, etc... Acredito que essa seja a forma que a maioria das pessoas veja e entenda quando ouve sobre ansiedade. Mas essa é a forma mais leve e mais simples da questão.

Aquela que é considerada normal e que, muitas vezes nos auxilia a enfrentar eventos rotineiros. E quando pesquisamos a respeito, a maior parte das fontes nos traz esses conceitos tão superficiais. Por exemplo:

- O que é ansiedade? O termo tem várias definições nos dicionários não técnicos: aflição, angústia, perturbação do espírito causada pela incerteza, relação com qualquer contexto de perigo, etc .

Fonte:

https://bvsms.saude.gov.br/dicas-em-saude/470-ansiedade#:~:text=O

%20que%20%C3%A9%20ansiedade%3F,qualquer%20contexto%20de

%20perigo%2C%20etc.

- Ansiedade é um sentimento vago e desagradável de medo, apreensão, caracterizado por tensão ou desconforto derivado de antecipação de perigo, de algo desconhecido ou estranho.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ansiedade

Porém, há sinais que merecem uma atenção especial. Quando os sintomas levam as pessoas a comer um pouco além da conta, ou até mesmo "roer as unhas", ter problemas para dormir, etc… Já pode ser um sinal de que essa ansiedade está ultrapassando os limites saudáveis e dando inicio a chamada "crise de ansiedade", que pode ocorrer por uma variedade de motivos, dentre eles estresse e preocupação excessiva.

Essas crises podem ocorrer nos mais diversos momentos e nas mais diversas formas sendo, muitas vezes, algo incontrolável. Alguns dos principais sintomas podem ser: Taquicardia ventricular, Falta de ar,Tontura, Sensação de que algo ruim está para acontecer e crise de choro.

Atualmente tem sido falado muito sobre isso e percebi que realmente trata-se de um transtorno e não apenas de uma condição momentânea, por uma situação específica. É algo que afeta o nosso organismo de uma forma um tanto descontrolada e que gera grande desconforto. E essas crises podem ocorrer nos momentos mais inesperados, causando ainda mais mal estar, pois junto da crise, vêm os pensamentos e sensação de culpa “por que estou sentindo isso?”…. .”Nunca fui assim!”… “ai que frescura!”…. E essa linha de pensamento faz com que o sofrimento seja ainda muito maior, pois a pessoa fica se auto punindo por um sentimento que ela mesma não consegue controlar.

Por isso é tão importante autoconhecimento, aprender a trabalhar a respiração, aprender a meditar, a ter auto controle, praticar atividades fisicas que também cooperam para a redução de processos ansiosos (especialmente nos casos em que a pessoa desconta em comida, ou fica com insônia) e, caso as crises já tenham alcançado um alto nível de incômodo, o ideal é buscar auxílio médico, psicológico e, se necessário, o uso de medicações.

Não deixe que sua ansiedade se torne um problema difícil de controlar.

Não deixe que ela tome conta da sua vida. E, caso você tenha uma crise, não se culpe por ela, apenas busque ajuda. O Controle das crises de ansiedade também proporcionam melhor qualidade de vida.

Pense Nisso!!!

Escrito Por: Denise Consalter Grangeia

SP 07/02/2021

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!